CAD/TQS - Software para o projeto de estruturas

CAD/TQS - Software para o projeto de estruturas
Software para o projeto de estruturas de concreto, alvenaria estrutural e pré-moldados.

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Gerenciador de Critérios CAD/TQS - v16

Além dos dados de edifício e dos elementos inseridos no Modelador Estrutural, existem inúmeros outros dados que também fazem parte do rol de informações necessárias para o processamento de uma estrutura nos sistemas CAD/TQS. São os famosos critérios de projeto.

A configuração desses parâmetros é de total e exclusiva responsabilidade do Engenheiro e não do software, uma premissa básica e de conhecimento geral, mas que nem sempre é devidamente respeitada. Essa confusão acontece, usualmente, devido ao fato dos sistemas estabelecerem valores padrões iniciais aos critérios, causando a impressão de que os mesmos sempre estarão condizentes para todo e qualquer caso analisado, o que não é verdade.

Atualmente, a quantidade de critérios de projeto disponíveis nos sistemas CAD/TQS é bastante numerosa – uma conseqüência direta dos constantes avanços presentes em cada nova versão lançada. Ao passo que isso confere uma maior e esperada versatilidade ao usuário, a correta definição dos mesmos torna-se, então, uma tarefa que exige perícia e atenção do Engenheiro ou equipe de Engenheiros responsáveis pela elaboração do projeto estrutural.

Nunca é demais lembrar que, um simples critério definido de forma imprecisa pode originar grandes variações nos resultados do processamento.

Critérios Projeto Estrutural CAD/TQS
Diante do cenário que acaba de ser descrito, fica evidente a necessidade de se criar um mecanismo que permita que o Engenheiro controle e assegure que os critérios adotados num determinado projeto estrutural estejam de acordo com o desejado.

O que se percebe, atualmente, é que cada Engenheiro ou escritório de projetos criou suas próprias metodologias para tal fim, baseadas em processos muitas vezes complexos e trabalhosos.

E, é exatamente dentro desse contexto que se encaixa o “Gerenciador de Critérios”, que é um novo recurso que visa facilitar, sobretudo, o controle dos inúmeros critérios definidos em um projeto elaborado nos sistemas CAD/TQS.

Iniciando o Gerenciador de Critérios

Para iniciar o Gerenciador de Critérios, execute o comando “Gerenciador de Critérios” que fica na aba “Edifício” do Gerenciador-TQS, conforme ilustra a figura a seguir.


Acionando o Gerenciador de Critérios - CAD/TQS

A janela do Gerenciador de Critérios será então carregada, conforme mostra na figura a seguir.

Janela do Gerenciador de Critérios

O ambiente principal do Gerenciador de Critérios é subdividido em quatro painéis. São eles: Locais, Critérios, Valores e Descrição. A seguir, serão apresentados detalhes do funcionamento de cada um desses painéis.

Painel Locais
Arvore do Edifício - Painel Local do
Gerenciador de Critérios - CAD/TQS

No painel Locais, que fica na lateral esquerda da janela do Gerenciador de Critérios, a lista dos locais a serem gerenciados é visualizada e pode ser editada.

O que é um local?

Um local é um conjunto de pastas onde os critérios serão monitorados.

Um local pode ser um edifício ou uma pasta-padrão de suporte TQS (ex.: C:\TQSW\SUPORTE).

Por padrão, sempre que o Gerenciador de Critérios é iniciado, três locais são automaticamente definidos: o edifício atual selecionado no
Gerenciador-TQS, a pasta-padrão de suporte definida no computador e um local denominado “Valores de referência”.

O local “Valores de referência” não pode ser editado e nem removido. Maiores detalhes sobre “valor de referência” serão apresentados mais adiante neste manual.


Adicionar e Remover Locais

Critérios Gerenciador - Projeto Estrutural
Adicionar Local - CAD/TQS

É possível adicionar ou remover locais por meio dos botões “Adicionar local...” e “Remover local”, localizados na parte superior do painel Locais. No momento em que a inserção de um novo local for executado, a seguinte janela será aberta:

É possível adicionar vários edifícios da árvore atual definida no Gerenciador-TQS, usualmente “C:\TQS”, de uma só vez, com facilidade.

Também é possível adicionar edifícios presentes em uma outra árvore e até mesmo uma outra pasta-padrão de suporte (ex.: pasta-padrão localizada num outro computador ou num dispositivo externo, tipo um pen-drive). Para isto,basta clicar no botão “...” da janela “Adicionar Locais Gerenciados”.




Painel Critérios

Painel Critérios
Gerenciador - CAD/TQS

No painel Critérios, que fica no meio da janela do Gerenciador de Critérios,é apresentada a lista dos parâmetros que serão monitorados pelo programa.

Essa lista não é editável.

Não são todos os critérios presentes nos sistemas CAD/TQS que são controlados pelo Gerenciador de Critérios, mas sim apenas alguns deles.

A lista é organizada em categorias, distribuídas de forma hierárquica, de tal forma a facilitar a localização de um determinado parâmetro.








 

Navegação

Na medida em que um critério é selecionado na lista do painel Critérios, automaticamente todos os seus respectivos valores encontrados nos locais gerenciados, assim como seus valores de referência, são atualizados no painel Valores.

Da mesma forma, assim que um critério é selecionado, sua descrição é atualizada no painel Descrição, de forma instantânea.

Navegação no Painel de Critérios - CAD/TQS

Modo de Comparação

No topo do painel Critérios, há botões para atualizar, retrair e expandir a lista de parâmetros. Além disso, existe o comando “Comparar”, que ativa e desativa o modo de comparação.

Quando o modo de comparação é ativado, automaticamente o programa detecta diferenças de valores de critérios existentes nos locais gerenciados. Quando uma diferença é encontrada, seu respectivo ramo na lista fica na cor vermelha. Utilize os botões “Diferença anterior” e “Diferença seguinte” para navegar apenas pelos critérios que possuem valores diferentes.

Comparação
Relatório

É possível gerar um relatório em formato HTML, com a lista de todos os critérios e os seus respectivos valores encontrados nos locais gerenciados, por meio do botão “Imprimir...”, localizado no topo do painel Critérios.

Assim que esse comando é acionado, inicialmente é solicitado o nome do arquivo a ser gerado no disco (default “NGERCRIT.HTM”). Em seguida, o relatório será aberto em outra janela. Para imprimi-lo, basta clicar com o botão direito do mouse sobre o visualizador de relatórios e acionar o comando “Imprimir...” no menu popup, conforme mostra a figura a seguir.

Relatório Critérios - Projeto Estrutural CAD/TQS

Painel Valores

Painel Valores - Gerenciador de Criterios - CAD/TQS

No painel Valores, que fica na lateral direita da janela do Gerenciador de Critérios, é apresentada a lista de valores encontrados nos locais gerenciados do respectivo critério selecionado no painel Critérios.











Critério Específico por Pavimento

Critérios Específicos por Pavimento

O programa está preparado para detectar a presença de critérios específicos por pavimento. Veja um exemplo ao lado.












Editar, Copiar e Colar

No topo do painel Valores, há comandos para editar, copiar e colar os valores do critério atual selecionado no painel Critérios, conforme mostra a figura a seguir.

Editar Valores


O botão “Editar” carrega o programa de edição interativa do respectivo valor selecionado.

Os botões “Copiar” e “Colar” funcionam de forma similar a qualquer outro aplicativo da plataforma Windows. Assim que um valor é copiado na memória, seu valor é impresso no topo do painel Valores. Ao colar os valores copiados, o programa emitirá perguntas para confirmação, conforme mostra a figura a seguir.

Confirmação dos Valores Copiados
CAD/TQS
Valor de Referência

Um valor de referência, como o próprio nome deixa claro, é um valor sugerido pelo programa que pode servir como referência para o critério selecionado. Em hipótese alguma, o valor de referência deve ser encarado como o valor mais apropriado para todo e qualquer tipo de projeto.

Cabe ao Engenheiro decidir se o valor de referência deve ou não ser considerado um valor adequado.

No topo do painel Valores, há o comando “Adotar referência” que permite a definição automática do valor de referência sobre cada um dos valores encontrados nos locais gerenciados.

Valores de Referência - Gerenciador de Critérios




Confirmação dos Valores Copiados - CAD/TQS
 
Assim que esse comando for executado, será realizada uma pergunta para confirmação, conforme mostra a figura ao lado.







Painel Descrição

Painel de Descrição do Critérios - CAD/TQS

No painel Descrição, que fica na lateral direita da janela do Gerenciador de Critérios, é apresentada a descrição do respectivo critério atual selecionado no painel Critérios.

No topo do painel Descrição, há comandos para reposicioná-lo embaixo, na lateral direita ou dentro do painel Valores.

Há também o botão “Imprimir...”, que permite a impressão da descrição do critério. Assim que esse comando é acionado, o mesmo será aberto em outra janela. Para imprimi-lo, basta clicar com o botão direito do mouse sobre o visualizador de relatórios e acionar o comando “Imprimir...” no menu popup.

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

CAD/TQS v16 - Lajes

O detalhamento de armaduras em lajes será uma das grandes melhorias da v16 dos Softwares CAD/TQS. Muitas melhorias foram realizadas com destaque ao dimensionamento e detalhamento de armaduras negativas.

Podemos afirmar com certeza que teremos uma grande redução no tempo gasto no projeto de Lajes.

                Vejam, a seguir, os resultados de um rápido e simples comparativo que acabamos de executar.

a)      Exemplo 1: pavimento simples, trivial e hipotético

CADTQS_Lajes_Planta Pavimento Tipo
Os desenhos de armação gerados na v15, com critérios padrões.

CADTQS_Lajes_Armadura Positiva v15 Tipo
CADTQS_Lajes_Armadura Negativa v15 Tipo
As interferências eram muito grandes, principalmente no desenho da armação negativa. Sem contar que, dependendo da direção principal definida no modelador, as armaduras negativas eram quebradas nos apoios. Notem a armadura negativa sobre a viga vertical do meio.

Agora, os desenhos gerados na v16, apenas com a ativação do critério de homogeneização simplificado.

CADTQS_Lajes_Armadura Positiva Horizontal v16
CADTQS_Lajes_Armadura Positiva Vertical v16
CADTQS_Lajes_Armadura Negativa Horizontal v16
CADTQS_Lajes_Armadura Negativa Vertical v16
Uma visualização do As,ef/As,cal dentro do editor de geometria esforços e armaduras do CAD/Lajes.

CADTQS_Lajes_Editor de Geomtria e Esforços Armadura Efetiva e Calculada v16
b)      Exemplo 2: pavimento tipo do teste de instalação TQS

CADTQS_Lajes_Planta Pavimento Tipo - Teste de Instalação
 
Os desenhos de armação gerados na v15, com critérios padrões.

CADTQS_Lajes_Armadura Positiva v15
CADTQS_Lajes_Armadura Negativa v15
Agora, os desenhos gerados na v16, apenas com a ativação do critério de homogeneização simplificado.

CADTQS_Lajes_Armadura Positiva Horizontal Detalhamento v16
CADTQS_Lajes_Armadura Positiva Vertical Detalhamento v16
CADTQS_Lajes Concreto Armado _Armadura Negativa Horizontal v16 Detalhamento
CADTQS_Lajes Concreto Armado _Armadura Negativa Vertical v16 Detalhamento
Uma visualização do As,ef/As,cal dentro do editor de geometria esforços e armaduras do CAD/Lajes.

CADTQS_Lajes Concreto Armado_Editor de Geometria e Esforcos_Projeto Estrutural v16
Obviamente, esses novos recursos desenvolvidos precisam ser ainda validados com mais detalhes, principalmente em projetos reais e mais complexos. Contudo, nos dois exemplos acima, podemos dizer que os resultados melhoraram muito.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Seminário BIM - Modelagem da Informação da Construção - 10/12/2010



As condições do cenário de produção de edifícios no Brasil nos últimos anos têm levado as empresas do setor à uma busca obrigatória por inovações em tecnologia e processos, uma vez que a complexidade dos empreendimentos e valor dos investimentos, velocidade de produção e escassez de profissionais qualificados constituem riscos reais que podem ter conseqüências diversas expressas em perdas tangíveis e intangíveis. A Construção Civil Brasileira evoluiu tecnologicamente na ultima década, usufruindo de técnicas e sistemas globalizados, equipamentos de produção, sistemas de gestão e controle, qualidade de materiais, conscientização da responsabilidade  do ato de construir, evidenciando a necessidade de um aprimoramento dos  Projetos de forma qualitativa. Um dos processos que se transforma  em ferramenta importante para dar vazão a toda esta evolução e consolidar novo patamar é o BIM.

O processo BIM constitui-se numa nova forma de organizar e modelar  as informações de projeto, planejamento, custos, produção e operação dos edifícios que têm chegado ao Brasil nos últimos três anos, proveniente de mais de uma década de desenvolvimento e aplicação nos países desenvolvidos.
Enxergamos que há necessidade de ampliar a interoperabilidade entre sistemas, permitindo a facilidade de uso, de migração de informações entre sistemas e softwares de diferentes fabricantes, pois  não acreditamos que haja espaço para reserva de mercado ou dependência e que os sistemas se estabeleçam por competência e inovação.
O Seminário BIM traz a visão de fora do país com profissionais que estão vivenciando a implantação deste processo nos Estados Unidos e daqueles envolvidos com o desenvolvimento e implantação do trabalho no Brasil.

Este seminário tem por objetivo mostrar o caminho que as empresas incorporadoras, construtoras, de projeto e gerenciamento de obras tem que seguir para implantarem esta nova metodologia, podendo a alcançar os benefícios potenciais envolvidos.

Participe do seminário para ter a visão completa deste novo processo de trabalho que integra as informações de projeto, orçamento, planejamento, produção e até da operação e manutenção do edifício, enxergando as ações necessárias para a implantação do BIM e o papel de cada agente nesta implantação.

Local:
Auditório do Centro Brasileiro Britânico
Rua Ferreira de Araújo, 741 – Pinheiros - São Paulo

Informações e inscrições:
CAA 11 3334.5600, caa@sindusconsp.com.br

Investimento:
Associados SindusCon-SP e entidades apoiadoras: R$ 400,00
Não associados: R$ 500,00
Almoço e estacionamento incluídos

Público alvo:
Diretores, gerentes, engenheiros e arquitetos de empresas de projeto, incorporadoras, construtoras, gerenciadoras, fabricantes de materiais, componentes e sistemas construtivos e de empresas contratantes de serviços de engenharia e construção.